20:45

O que eu não te consegui dizer

Publicada por Jonas Matos |

Finalmente vi os teus olhos. Nunca pensei que fossem tão brilhantes e bonitos. Nem mesmo pensei que tu fosses tão agradável.
Sei que o que sinto não é o mesmo do que tu sentes. Tu, para mim, serás sempre quem me guiou e quem me fez descobrir o que sou. Eu, para ti, sou mais um menino. Não faz mal, eu gosto muito de ti, à mesma.
Podes me vir até a magoar; eu preferia que fosse amar – ou és tu ou não é mais ninguém - como tu, mais ninguém.
Sinto-me bem contigo, sinto-me seguro contigo. Gosto da forma como me seguras a mão ou como me afagas o corpo.

Enfim, estou mesmo apaixonado por ti.

1 comentários:

Liliana disse...

Boa sorte amigo!