18:33

"Juntos viveremos para sempre"

Publicada por Jonas Matos |

“Juntos viveremos para sempre” – Foi assim que numa noite me sussurraste ao ouvido. Senti verdadeiramente que eu era vivido. Fizeste-me chorar. Sentir que dois corpos distintos podem ser um só.
Não sou de me enamorar, não sou de me apaixonar, senti só que eu era especial como tu me eras especial.
Nunca soube o que se passava com os meus sentimentos, viva nas margens daquele rio de água salgada das nossas lágrimas, onde naufragavam os nossos sonhos. Não sei o que se passa com estes meus, teus, nossos sentimentos.
Caminhámos demasiado depressa, pela areia molhada dos desencontros.
“Juntos viveremos para sempre?”

1 comentários:

R. Fiúza disse...

Bem para primeira impressão de quem lê o teu blog pela primeira vez deixaste-me entusiasmado no minimo. Texto brutal! Fez-me pensar!!!

Abraço