21:43

SEXO, AMOR, PRAZER, EXERCICIO, PODER

Publicada por Jonas Matos |

O sexo é mais do que prazer, é poder.
Deixemo-nos de aspectos que mais nada são do que moralistas. SEXO de facto é bom, quer lhe chamemos AMOR, PRAZER, EXERCÍCIO. Eu chamo-lhe PODER.

O obsessivo não esquece, simplesmente alimenta a sua dor de não ter quando quer.

As minhas suspeitas tornam-se certezas, o grande mal do mundo são os humanos.

Poupem-me à psicologia de pacotilha.

3 comentários:

Catarina disse...

Para te poupar à psicologia de pacotilha, vou directa ao assunto:

Gostei da definição se assim lhe podemos chamar. Concordo!


Inspirado que anda o menino ;)

Adão disse...

O sexo é bom. Mas é errado querer transformá-lo em algo mais do que um jeito animalesco? Retirar-lhe o aspecto primitivo que nos cola aos irracionais?

AP disse...

Sem corantes nem conservantes, ora aí está! Directo. Realista.

Gostei ;)